domingo, 6 de maio de 2012

Renda no Nordeste cresceu 42% entre 2001 e 2009 (Fundação Getrúlio Vargas). O povo trocou o jegue por moto.

Mas o número de domicílios nordestinos com água encanada cresceu apenas 6,9% entre 2000 e 2010 (IBGE). Apenas 35% das moradias rurais do Nordeste têm água encanada. O projeto de cisternas de captação de águia da chuva já não merece apoio do governo. Volta-se à velha política do carro-pipa. Só com carros-pipas o governo federal gastará, este ano, R$ 164,6 milhões.

Haja votos em troca de água!

Nenhum comentário:

Postar um comentário